Órgãos e Comitês

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei nº 6.404/76, o Conselho Fiscal é um órgão independente da administração, responsável pela adequação das atividades gerenciais com os deveres estabelecidos pelo Estatuto Social de cada companhia e pela lei. O Conselho Fiscal do Banrisul tem funcionamento permanente, cabendo-lhe a revisão das atividades gerenciais e demonstrações financeiras e o dever de informar suas conclusões aos acionistas.

Nos termos da Lei nº 6.404/76 e do Estatuto Social do Banco, seu Conselho Fiscal é composto por cinco membros efetivos e cinco suplentes, sendo um membro titular e seu respectivo suplente eleitos pelos preferencialistas e outro titular e suplente pela minoria acionária.

Membros do Conselho Fiscal Cargo
Bruno Pinto de Freitas Membro, eleito pela maioria acionária
Rogério Costa Rokembach Membro, eleito pela maioria acionária
Marco Aurélio Santos Cardoso Membro, eleito pela maioria acionária
Massao Fábio Oya Membro, eleito pelos acionistas preferencialistas
Maria Carmen Westerlund Montera Membro, eleito pelos acionistas minoritários
Bruno Queiroz Jatene Suplente, eleito pela maioria acionária
Tanha Maria Lauermann Schneider Suplente, eleito pela maioria acionária
Vicente Jorge Soares Rodrigues Suplente, eleito pela maioria acionária
Maria Elvira Lopes Gimenez Suplente, eleito pelos acionistas preferencialistas

Comitê de Auditoria

Em cumprimento à Resolução do Conselho Monetário Nacional nº 3.198/04 e alterações, o Banrisul instituiu o Comitê de Auditoria, de funcionamento permanente, podendo ser compartilhado com as sociedades controladas pela Sociedade, têm papel relevante de suporte ao Conselho de Administração, fortalecendo a atuação deste em sua missão de proteger as organizações no melhor interesse de seus negócios. Neste sentido o Comitê deve monitorar a eficácia dos controles internos e das políticas e procedimentos de proteção em relação a fraudes, conflitos de interesse e demais desvios conduta que possam impactar a organização. Assuntos relacionados a conformidade (tanto em relação às normas e à legislação, quanto em relação a políticas internas), riscos, auditoria e demonstrações financeiras, são objeto de trabalho do Comitê de Auditoria. O Comitê é composto de 3 (três) membros que atendam aos requisitos para o exercício da função, conforme legislação e normas vigentes, eleitos pelo Conselho de Administração na primeira reunião que realizar após a Assembleia Geral Ordinária, com mandato de 2 (dois) anos, destituíveis a qualquer tempo, podendo ser reconduzidos até o limite máximo legalmente permitido. Realiza reuniões ordinárias, de acordo com as regras operacionais de seu funcionamento, e extraordinárias, quando necessário, deliberando validamente, sempre que presente a totalidade de seus membros.

Membros do Comitê de Auditoria Cargo
Antoninho Scottá Membro
João Verner Juenemann Membro
João Carlos Bona Garcia Membro

Comitê de Elegibilidade e Remuneração

Comitê de Elegibilidade e Remuneração é Órgão estatutário, conforme Resolução do CMN 3.921/2010 e Lei 13.303/16, e reporta-se diretamente ao Conselho de Administração. Sua competência tem como objetivo assessorar o próprio Conselho na condução da política de remuneração dos Administradores e no auxílio para análise de requisitos e vedações para indicação e avaliação dos Administradores, membros do Conselho Fiscal e Comitês Estatutários.

O Comitê é composto por 3 (três) membros, pessoas naturais residentes no país, com formação profissional de nível superior e capacitação técnica compatível com as atribuições do cargo, com mandato de 3 (três) anos, destituíveis a qualquer tempo, podendo ser reconduzidos até o máximo de período legalmente permitido.

Comitê de Remuneração realizará reuniões ordinárias, mensais, de acordo com as regras operacionais de seu funcionamento, e extraordinárias, quando necessárias.

Membro do Comitê de Remuneração Cargo
Arnaldo Bonoldi Dutra Coordenador
José Luiz Castro Mendel Membro
Giusepe Lo Russo Membro

Comitê de Riscos

Em cumprimento ao disposto na Resolução do Conselho Monetário Nacional nº 4.557/17, o Banrisul instituiu o Comitê de Riscos, de funcionamento permanente, com o objetivo de identificar, mensurar, avaliar, monitorar, reportar, controlar e mitigar riscos de crédito, de mercado, de variação das taxas de juros para os instrumentos classificados na carteira bancária, operacional, de liquidez, socioambiental e demais riscos relevantes conforme critérios a serem estabelecidos pela Sociedade. O Comitê de riscos é composto de no mínimo 3 (três) e no máximo 5 (cinco) membros com mandato de 2 (dois) anos, nomeados e destituíveis pelo Conselho de Administração da Sociedade a qualquer tempo, nos termos previstos em normas do Conselho Monetário Nacional. O Comitê reunir-se-á, ordinariamente, uma vez por mês, de acordo com as regras operacionais de seu funcionamento, e extraordinariamente quando necessário.

Membro do Comitê de Riscos Cargo
João Zani Coordenador
José Luis Campani Lourenzi Membro
Carlos Eduardo Schonerwald da Silva Membro
Ademar Schardong Membro
Márcio Gomes Pinto Garcia Membro

Comitês e outras políticas

O Banrisul possui 15 (quinze) órgãos com funções auxiliares da Diretoria, denominados:

a) Comitê de Gestão Bancária
b) Comitê de Gestão Administrativa
c) Comitê de Gestão Comercial
d) Comitê de Gestão de Controles Internos
e) Comitê de Gestão de Marketing
f) Comitê de Gestão de Pessoas
g) Comitê de Gestão de Tecnologia de Informação
h) Comitê de Gestão Econômica
i) Comitê de Crédito
j) Comitê de Investimentos
k) Comitê de Precificação de Ativos
l) Comitê de Riscos Corporativos
m) Comitê de Tesouraria
n) Comitê de Gestão de Recuperação e Restruturação de Crédito
o)Comitê de Priorização de Demandas à TI

Cada Comitê possui, no mínimo 4 (quatro) e no máximo 12 (doze) integrantes, exceto o Comitê de Gestão de Canais que tem como membros, além dos Superintendentes de Unidades, os Superintendentes Regionais e Gerente Geral da Agência Central.

São membros dos Comitês os empregados titulares de Superintendência de Unidade, Superintendência de Assessoria, Superintendências Regionais, Secretário Executivo do Comitê de Gestão Bancária e Gerente Geral da Agência Central, nomeados pela própria Diretoria. O Comitê de Gestão Bancária é composto por Diretores e os Coordenadores dos demais Comitês.

Compete ao Coordenador do Comitê ou do Grupo convocar e presidir as reuniões do órgão respectivo. Observada a regulamentação baixada pela Diretoria, compete a cada Comitê opinar sobre os assuntos pertinentes à sua área respectiva, submetendo-os, após, à deliberação da Diretoria. Poderá a Diretoria fixar alçada aos Comitês, no limite da qual terão poder deliberativo. Os Coordenadores dos Comitês e dos Grupos, quando houver, serão de nomeação da Diretoria e terão representação participativa em reuniões mensais da Diretoria.

Os currículos dos membros do Conselho Fiscal e Comitês estão disponíveis nos Itens 12.5/12.6 e 12.7/12.8 do Formulário de Referência do Banrisul. Para acessá-lo clique aqui.