Histórico

  • 60 61

    Em 1966, em uma sala de aula de Belo Horizonte, MG, cinco jovens amigos ousaram montar um empreendimento na área de educação: o curso pré-vestibular Pitágoras. Dois meses depois, 33 dos 35 alunos do curso Pitágoras foram aprovados. Em dois anos de existência, em novas instalações, o número de alunos já era de 600 jovens distribuídos em 13 turmas e três turnos. Nascia então, o que é hoje um dos maiores grupos educacionais do Brasil.

  • 70 70

    Em 1972, o sonho dos fundadores se amplia e se concretiza com o primeiro Colégio Pitágoras, para alunos do 1º e 2º graus. Já eram 5 mil jovens entre 11 e 18 anos a cargo dos professores do Pitágoras. Desde a década de 70, o método de ensino Pitágoras acompanhava as necessidades do aluno, em cada etapa de sua vida escolar. Em 1974, ocorreu mais um passo em direção ao crescimento da Instituição com o início das operações da maior unidade do Grupo Pitágoras no Ensino Básico, o Colégio Pitágoras Cidade Jardim.

  • 80

    Visando driblar os efeitos da crise econômica, empresas nacionais de grande e médio porte iniciavam um processo de migração geográfica. Foi em meio a esse clima que surgiu a oportunidade de desenvolver um trabalho de vanguarda no setor educacional. Juntamente com uma tradicional construtora, que preparava-se para iniciar 2 imensas obras de infraestrutura no Iraque e outra na Mauritânia, o Pitágoras dirigiu unidades escolares que possuiam mais de mil alunos brasileiros que se encontravam naqueles países.

  • 90 91 91 91

    No início dos anos 90, a busca por um modelo diferenciado para expansão do Ensino Básico, levou a criação da Rede Pitágoras, um conjunto de escolas comprometidas como aperfeiçoamento contínuo da qualidade dos serviços prestados. Em menos de 1 ano, a rede já contava com 106 escolas associadas, sempre primando pela produtividade, replicabilidade e escalabilidade. Em 1999, surge a Fundação Pitágoras para viabilizar projetos educacionais em instituições públicas e privadas, como parte de um projeto para perenizar a organização.

  • 2000 2000 2000 2000 2000

    No início dos anos 2000 e com a mudança do marco regulatório do setor de educação, surge a primeira Faculdade Pitágoras, com novo sistema de ensino e uma metodologia exclusiva criada em parceria com uma das maiores companhias de educação do mundo - a Apollo International, com sede no Estado do Arizona, nos Estados Unidos da América. Tal parceria durou até 2005 quando a Apollo International decidiu vender sua participação aos fundadores.

    O ano de 2007 ficou marcado pela abertura de capital do Pitágoras na BM&FBovespa, com o nome Kroton Educacional (KROT11), possibilitando a consolidação de uma fase de grande expansão e desenvolvimento da Companhia.Já em 2009, a Kroton recebeu um novo aporte financeiro de um dos maiores fundos de private equity do mundo, a Advent International, que a partir de então compartilharia o controle da Companhia com os sócios fundadores.

  • 2010 2010a 2010b 2010b

    Em 2010, a Kroton efetuou a maior aquisição do setor de educação superior do Brasil ao comprar a IUNI Educacional, instituição que oferece programas de graduação e pós-graduação sob as marcas UNIC, UNIME e FAMA.

  • 2011 2011a 2011a

    2011: em julho a Kroton Educacional adquire a Faculdade Atenas Maranhense (São Luís e Imperatriz - MA) e Faculdade União (Ponta Grossa - PR). Em novembro, realiza uma nova aquisição a FAIS - Faculdade do Sorriso. Em dezembro realiza a maior aquisição da história da educação, a UNOPAR e torna-se líder no setor de educação a distância do Brasil.

  • 2012 2012

    2012: em abril Kroton Educacional adquire o Centro Universário Cândido Rondon (Unirondon). Em maio, realiza a aquisição da Uniasselvi, fortalecendo sua liderança na Educação a Distância.

  • 2013

    2013: Expansão de 40 novos Polos de Graduação a Distancia da Unopar. Anunciado acordo de associação entre a Kroton e a Anhaguera, para formar a maior empresa de educação do mundo.