Estratégia e Vantagens Competitivas

Estratégia

Os principais componentes da estratégia da São Martinho são:

Crescer de Forma Orgânica e por Meio de Aquisições ou Parcerias Estratégicas ou por Meio de Novos Projetos: A Companhia planeja continuar a expandir seus negócios por meio de projetos como o da Usina Boa Vista e também monitora de perto as indústrias de açúcar e etanol brasileiras a fim de identificar oportunidades de fusões e aquisições que representem, crescimento econômico em escala, sinergias operacionais e ganho de produtividade. Adicionalmente, a São Martinho planeja comercializar o excedente de energia excedente que a unidade Boa Vista deve gerar. Além disso, pretende vender créditos de carbono provenientes desse processo aos países que não se encontram dentro dos níveis de emissão determinados pelo Protocolo de Quioto.

Continuar a Reduzir Custos Operacionais e Aumentar a Eficiência das Operações: A São Martinho pretende continuar a concentrar esforços no aprimoramento da eficiência de suas operações por meio de investimentos em tecnologia, inclusive processos agrícolas, industriais e logísticos e de tecnologia da informação.

Expandir sua Participação nos Mercados de Açúcar e Etanol Internacionais: A São Martinho pretende expandir sua atuação no mercado internacional e irá valer-se de sua flexibilidade de produção e potencial logístico para explorar novas oportunidades de exportação que a São Martinho acredita que surgirão no médio e longo prazos em decorrência da liberalização das restrições ao acesso a alguns grandes mercados sucroalcooleiros.

Topo

Vantagens Competitivas

A São Martinho possui as seguintes vantagens competitivas:

Inovação Tecnológica e Complexo Agro-Industrial Altamente Mecanizado: A Companhia está constantemente aprimorando seus processos de cultivo, colheita e produção que se traduz em uma melhora substancial de sua produtividade, de sua capacidade de extração e de seus custos operacionais. A Companhia é a produtora de açúcar e etanol com maior índice de mecanização no Brasil e a primeira grande empresa do setor sucroalcooleiro a adotar o plantio mecanizado.

Grande Extensão de Terras Próximas às Usinas Localizadas em Pontos Estratégicos da Região Centro-Sul do Brasil: As terras de propriedade da Companhia ou arrendadas apresentam a vantagem de estarem localizadas na região centro-sul do Brasil, cujas condições são naturalmente favoráveis ao plantio da cana-de-açúcar. As terras estão localizadas estrategicamente a uma distância média de 24 km das usinas da Companhia. Esta proximidade, combinada com o alto nível de mecanização implica menores custos de transporte e permite iniciar o processamento da cana-de-açúcar em média nove horas após sua colheita (contra uma média estimada de 36 a 48 horas na região centro-sul), maximizando, assim, o potencial de extração de açúcar da cana-de-açúcar colhida e aumentando a produtividade.

A Localização Estratégica de Usinas Reduz o Custo Operacional: Com a proximidade de suas unidades aos terminais e armazéns portuários de Santos e por manter um ramal ferroviário dentro da Unidade São Martinho, a companhia reduz o tempo de entrega e os custos de logística e aumenta sua eficiência operacional. Recentemente, o armazém da Unidade São Martinho foi adaptado de modo a possibilitar o armazenamento do açúcar a granel, o que diminuirá significativamente os custos de armazenamento e facilitará a exportação - que se dá a granel.

Equipe Administrativa Experiente e Profissional: A administração da Companhia possui mais de 10 anos de experiência em processos produtivos e de operação, além de um sólido conhecimento do setor sucroalcooleiro. Os acionistas controladores da São Martinho, por sua vez, têm mais de 40 anos de experiência nesta indústria. A São Martinho utiliza ferramentas de gestão de recursos humanos que reforçam a alta qualificação de suas equipes, enfocam a integração, além de motivação dos colaboradores de modo a maximizar sua eficácia.

Política de Privacidade Termos e Condições