Destaque

Lucro caixa da São Martinho soma R$ 215,9 milhões no 3T18, valor 150,9% superior ao 3T17

O EBITDA Ajustado totalizou R$ 497,4 milhões no 3T18, 45,6% superior ao alcançado em igual período da safra passada.

A São Martinho, uma das maiores companhias sucroenergéticas do Brasil, anunciou no dia 8 de fevereiro ao mercado seus resultados referentes ao 3º trimestre da safra 2017/2018 (3T18). O destaque no período foi o lucro caixa, que totalizou R$ 215,9 milhões, representando um crescimento de 150,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (3T17).

Entre os destaques do 3T18 está a melhora dos indicadores financeiros do trimestre. Eles são consequência do aumento do volume de vendas de açúcar e etanol; da redução do custo caixa de produção, devido principalmente à melhora na alavancagem operacional na safra 17/18; e do expressivo crescimento no volume e preços de cogeração de energia.

O EBITDA Ajustado da companhia totalizou R$ 497,4 milhões no 3T18, um incremento de 45,6% em relação a igual período no ano anterior, com margem EBITDA Ajustado de 55,3% (aumento de 9,1%). Já o EBIT Ajustado alcançou R$ 277,8 milhões no 3T18 (+78,3%), com margem EBIT Ajustado de 30,9% (+9,8 p.p.). O Lucro Líquido somou R$ 168,5 milhões, crescendo 201,7% em relação ao 3T17.

A São Martinho também divulgou os resultados do acumulado de três trimestres da safra 17/18 (9M18) e o comparativo com o mesmo período da safra anterior. O EBITDA Ajustado totalizou R$ 1.364,4 milhões (+30,7%), com margem EBITDA Ajustado de 54,5% (+7,6 p.p.); o EBIT Ajustado alcançou R$ 758,1 milhões no 9M18 (+44,4%), com margem EBIT Ajustado de 30,3% (+ 6,7 p.p.). O Lucro Caixa foi de R$ 613,2 milhões (+89,1%) e o Lucro Líquido somou R$ 338,3 milhões (+105,8%).

Conforme já anunciado anteriormente ao mercado, a companhia processou 22,2 milhões de toneladas de cana de açúcar na safra 17/18, aumento de 15,2% em relação à safra anterior. O volume de ATR produzido cresceu 23,6%, resultado do aumento da produtividade dos canaviais, do crescimento de 7,3% no ATR médio da cana de açúcar e da consolidação integral da Usina Boa Vista.

A safra 17/18 também foi marcada por alguns recordes operacionais, tais como 5 milhões de toneladas de cana de açúcar processadas na Usina Santa Cruz, além de 439 milhões de litros de etanol produzidos na Usina Boa Vista , equivalente a 89 litros por tonelada de cana de açúcar processada.

Política de Privacidade Termos e Condições