Economic HighLights

  • Clique aqui para adicionar essa página aos favoritos

    Meus Favoritos

    Personalizar seus Favoritos:

    1) Escreva no campo abaixo o nome da página da maneira que mais lhe agrada.

    2) Clique em "Incluir no Meus Favoritos".


  • PDF
  • Imprimir
  • Enviar para um amigo

IPCA - Dezembro 2017

O IBGE divulgou o IPCA de dezembro, que mostrou variação de 0,44%, superando a projeção da SulAmérica Investimentos (0,30%), bem como o teto das expectativas de mercado, situadas entre 0,24% e 0,38%. A inflação em 2017 ficou em 2,95%, abaixo do piso da meta de inflação e a menor desde 1998.

No mês, as maiores pressões altistas vieram dos itens Transporte (subiu de 0,52% para 1,23%, devido as altas em combustíveis e passagens aéreas) e de Alimentação e Bebidas, que subiu de -0,38% em novembro para 0,54% em dezembro. Essas altas foram contrabalançadas pelo impacto baixista da energia elétrica (contribuiu com -0,12 pp no índice), no grupo Habitação, refletindo o barateamento das contas de luz em 3,09%, devido a volta da bandeira tarifária vermelha patamar 1, em dezembro.

No que se refere às diversas medidas de núcleos, a maioria ficou em torno da variação do índice no mês. Chamou atenção os Serviços, que subiu de 0,12% em novembro para 0,59% em dezembro, refletindo a alta da alimentação fora do domicilio e passagens aéreas. A média das três medidas de núcleo acompanhadas pelo Banco Central (IPCA-Ex; IPCA-DP; médias aparadas) encerrou 2017 acumulando alta de 3,60%, bem abaixo da variação de 6,17% observada no início do ano.

Em janeiro, o IPCA deverá mostrar alta menor do que a verificada em dezembro. A energia elétrica deverá dar nova contribuição baixista, decorrente do acionamento da bandeira verde no mês. Passagens aéreas também contribuirão para uma menor variação do índice em janeiro, bem como os serviços, que começarão a sentir o impacto positivo do baixo reajuste concedido ao salário mínimo neste ano. Preliminarmente estimamos alta de 0,31% para o IPCA de janeiro, que levaria o acumulado em doze meses para 2,88%.